Pilares para uma alimentação saudável e equilibrada para o seu filho

A importância dos lanches intermediários

 

O aporte nutricional adequado é extremamente importante para proporcionar o pleno crescimento das crianças, levando em consideração que o período de desenvolvimento é de grande vulnerabilidade biológica, já que as deficiências ou excessos de nutrientes podem levar a condições de saúde que persistirão ao longo da vida. A nutrição, nesse ponto, é imprescindível, demonstrando que a orientação nutricional constante é crucial para o desenvolvimento de hábitos saudáveis em todos os ciclos da vida.

 

 

Nesse sentido, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) recomenda o fracionamento da dieta dos pequenos em cinco a seis refeições ao dia, sendo três refeições com volume maior de ingestão e três refeições menores, que chamamos de lanches intermediários. Os lanches geralmente ocorrem pela manhã (entre café da manhã e almoço), tarde (entre almoço e jantar) e, em alguns casos, após o jantar (ceia).

 

Dessa forma, deve-se dar atenção à qualidade dos lanches oferecidos aos pequenos, evitando sempre os excessos de gordura, carboidratos e sódio, além de atentar às quantidades de cálcio, ferro, fibras, zinco, vitamina A e vitamina D, que são nutrientes importantes para essa fase da vida. Além disso, a variedade de oferta de alimentos é interessante para evitar monotonia alimentar nas crianças e fornecer maior quantidade de nutrientes. Os lanches também devem incluir grupos que forneçam carboidratos, proteínas e gorduras vindos de boas fontes alimentares, como alimentos in natura, que apresentam vitaminas, minerais, além de fibras. Os industrializados também podem compor os lanches, desde que consumidos com cautela, avaliando a informação nutricional destes, sendo o momento de compras ideal e essencial para analisar os rótulos, assim escolhendo produtos com menores teores de gorduras, açúcar, sódio e aditivos alimentares. Não devemos esquecer da importância da hidratação também nessa fase da vida. Para os lanches escolares, não deixe de incluir uma garrafinha. Porém, é importante consultar o pediatra para saber mais sobre como encaixar esses alimentos na rotina do seu filho.

 

Do ponto de vista psicológico, socioeconômico e cultural, as crianças são influenciadas pelo ambiente onde vivem, por isso deve existir muita cautela, assim como do ambiente escolar, em oferecer alimentos de baixa qualidade nutricional, pois influenciará diretamente na formação do hábito alimentar da criança. 

 

Nesse sentido, a importância da educação nutricional se faz presente em todos os ciclos da vida, já que os pais são os responsáveis pelas escolhas das crianças, uma vez que é a família que disponibiliza os alimentos que serão consumidos pela criança, sejam eles de qualidade nutricional ou não. Não se esqueça: consulte o pediatra para tirar suas dúvidas.

 

 

 

 

Desafio

Desafio NutriAção

 

O desafio da semana será realizar 2 lanches intermediários diariamente, um durante a manhã e um à tarde, em horários regulares.

A ideia é que os pais e cuidadores preparem os lanches com a criança, sentados à mesa e com atenção total a este momento, sem estímulos externos, como televisão e celular. Aproveite essa oportunidade para conversar com seu filho sobre como foi o dia dele, fale sobre algum tema de interesse para fazer desse momento uma hora leve e divertida. Mantenha ele envolvido na preparação do lanche e na montagem da mesa! 

 

 

 

Referências

 

BRASIL, Ministério da Saúde. Guia alimentar para crianças menores de 2 anos, 2005. 

 

Cooke L. The importance of exposure for health eating in childhood: a review. J Human Nutrition and Dietetics. 2007; 20(4):294-301.

 

Ministério da Saúde. Obesidade infantil traz riscos para a saúde adulta. Disponível em <https://www.saude.gov.br/noticias/agencia-saude/45494-obesidade-infantil-traz-riscos-para-a-saude-adulta> Acesso em: 04/07/2020

 

SBP, Weffort, V.R. S et al. Manual do lanche saudável, Sociedade Brasileira de Pediatria. Departamento Científico de Nutrologia, 2011. 

 

Torigoe CY, Asakura L, Sachs A, Silva CVDD, Abrão ACFDV, Santos GMSD, Coelho LDC. Influence of the nutritional intervention in complementary feeding practices in infants. Journal of Human Growth and Development, 22(1), 85-92, 2012.

 

Vieira DA, Castro MA, Fisberg M, Fisberg RM. Nutritional quality of dietary patterns of children: are there differences inside and outside school? J Pediatr (Rio J). 2017; 93:47-57.

 

 

 

VEJA ALGUMAS RECEITAS

CONHEÇA NOSSOS PRODUTOS

 

 

Milnutri Complete Baunilha 800g

Milnutri Complete Baunilha 800g

Milnutri Complete Baunilha é a evolução na suplementação infantil, é o único sem açúcar, possui DHA e ômega-3, e contém nutrientes que o tornam completo e balanceado para completar a alimentação das crianças.


Embalagem 800g


Saiba mais
Milnutri Complete Vitamina de Frutas

Milnutri Complete Vitamina de Frutas

Milnutri Complete Vitamina de Frutas, é o único da categoria de suplementos infantis com o sabor de frutas. Possui DHA e ômega-3, único sem açúcar e contém nutrientes que o tornam completo e balanceado para completar a alimentação das crianças.


Embalagem 800g


Saiba mais
Milnutri Complete Baunilha 400g

Milnutri Complete Baunilha 400g

Milnutri Complete Baunilha é a evolução na suplementação infantil, é o único sem açúcar, possui DHA e ômega-3, e contém nutrientes que o tornam completo e balanceado para completar a alimentação das crianças.


Embalagem 400g


Saiba mais